sábado, 9 de junho de 2012

Sobre o pouco tempo que eu tenho pra amar

Imaginem ter um "pequeno problema" que te faz ser um pouco grande demais e com isso ter a auto estima -3 na escala de 1 a 10.
Agora imaginem passar a adolescência toda esperando que alguém goste de você quando você, na realidade é a maior de todas as pessoas da sua idade.
Daí imaginem encontrar o seu primeiro namorado lá pelos 19 anos de idade e passar 1 ano e 4 meses se vendo só nos finais de semana.
Imaginem ter recebido a notícia de que você um dia precisará passar pela mesma cirurgia que um dia o seu pai fez e que... não deu certo.

Imaginou? Tá bom.

Daí eu te pergunto: É justo 2 dias durante a semana pra amar o quanto você puder alguém que te viu no meio da multidão? É justo não saber o que pode acontecer daqui a 2 ou 3 anos? É justo querer e não poder amar demais? É justo sentir mais amor do que o normal? É justo uma vida só pra amar ele?