segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

E depois daquela noite ela percebeu que tinha medo do que pudesse acontecer a seguir. Ela percebeu que agora sentia tudo multiplicado por mil e que não conseguia mais controlar nem que fosse um pouquinho o que sentia. Se deu conta de que faziam apenas 65 dias que ela havia mudado radicalmente. Tinha medo de um começo e agora teme que o começo se acabe. Era o que ela menos queria, especialmente agora.