sábado, 25 de dezembro de 2010

Quantas pessoas lá embaixo estão pensando em revolução?


Jule: Aqueles protestos são inúteis
Jan: Fazer revolução hoje em dia é difícil. Antes bastavam drogas e cabelos compridos e automaticamente éramos contra o sistema. O que antes era subversivo, hoje se compra em lojas. Camisetas do Che Guevara e adesivos anarquistas…
Jule: É por isso  que acabaram os movimentos juvenis. Acham que tudo ja foi feito. Outros tentaram e falharam. Por que daria certo conosco?
Jan: Sim, mas… de todas as revoluções que ocorreram ficou claro que apesar de terem fracassado as melhores ideias sobreviveram. O mesmo se passa com as revoluções pessoais. O que dá certo… o que sobrevive em nós nos torna mais fortes.
Jule: O que você acha? Quantas pessoas lá embaixo estão pensando em revolução?
Jan: Neste momento, não muitas. Às 22:45, estão vendo TV.
Jule: Provavelmente
Jan: Os europeus passam quatro horas por dia diante da TV. Quatro horas!
Jule: Um horror!
Jan: Não sobra tempo pra ideias revolucionárias.