sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

É o fim


Ele se foi assim como muitos outros. E não foi preciso me avisarem pelo telefone que tocou as 09:58 da manhã. Sim, eu já sabia e não sou nenhuma adivinha, sou pessimista. Eu sei, bem feio até nessas horas pensar que o pior vai acontecer mas é assim que eu funciono. Eu já cansei de ouvir os conselhos "seja mais otimista, seja mais confiante, pense positivo" algumas vezes já segui esses conselhos mas não funcionou, então me deixem aqui com o meu pessimismo e me aceitem assim.

Outra coisas que deveriam aceitar e que eu já consegui fazer essa proeza, é saber que o fim é certo e chega pra todos e pra tudo. E as pessoas não devem pensar que sou um robô por isso. Sim eu tenho sangue correndo nas minhas veias, meu coração ainda bate, tenho sonhos e desejos e ainda tenho a habilidade de me levantar todas as vezes que meter a cara no chão - já ta no automático.

É difícil pra mim ver que os outros insistem em sofrer, digo, sofrimento dura o tempo que você desejar que dure. Eu sei não é fácil, e olha que eu sei mesmo. É preciso força pra se manter vivendo e eu consegui essa força sei la de onde e me recuperei. Não há muito o que dizer sobre quando o fim chega pra alguém, ele só chega. Deve ser como um sono forte que a gente tem depois de um dia inteiro de trabalho e de esforço. Dai então a gente se deita e se sente aliviado, passa a mão pelos cabelos pra de certa forma se manter ajeitado, boceja intensamente e suspira profundamente e então fecha os olhos e o corpo se afunda na cama e parece que a gravidade parece ser mais forte naquele momento. E então você fica, simplesmente fica e o mundo se vai assim como as horas que não param no relógio mesmo depois que a gente tira as pilhas.

É isso, esse é o fim. O fim de uma vida, o fim de uma noite, o fim do que eu acabei de escrever e que não faço questão nenhuma de que ninguém entenda, o fim do sofrimento, o fim das minhas lágrimas, o fim de uma hora inteira, o fim do meu sono e o fim de um ano
...E certamente um recomeço, mas isso é outra coisa pra se falar quando um começo acontecer.