terça-feira, 13 de julho de 2010

Dia Mundial do Rock

Há exatos 25 anos atras, acontecia um dos festivais mais importantes da história da música, o Live Aid aconteceu simultaneamente em Londres e Pensilvânia. O festival foi organizado por Bob Geldof com o objetivo de arrecadar fundos para combater a fome na Etiópia. Os shows ficaram por conta de U2, Dire Straits, Queen, David Bowie, The Who, Beach Boys, Judas Priest, Led Zeppelin, Neil Young, Bob Dylan e muitos outros.
Os shows foram vistos por mais de 170 mil pessoas e estima-se que o valor de arrecadações tenha chegado a 150 milhões de libras. Devido ao sucesso do festival a ONU, decretou que este dia passaria a ser o dia mundial do rock.
Todos os anos no dia 13 de julho, os amantes do Rock tiram o dia pra celebrar a música, seja vendo shows históricos na televisão, assistindo filmes e documentários ou ouvindo seus discos preferidos.
E hoje eu irei claro postar as minhas dicas para a comemoração de hoje.

  • Rock no rádio:
Kiss FM
Hoje a rádio faz aniversário. São 9 anos no ar tocando o mais puro rock n' roll, eu desde pequena ouço, influência de pai haha. A kiss é a única rádio com programação 100% voltada ao Rock. A Kiss FM opera em São Paulo em 102,1 MHz. No Litoral Paulista em 90,1 MHz, em Campinas, encontra-se na freqüência 107,9 MHz e em Brasília (DF) em 94,1 MHz. A kiss também pode ser ouvida pela internet, através do site.

107.3
Tradicional emissora de rock "Brasil 2000", atualmente 107,3 FM de São Paulo, iniciou suas transmissões em dezembro de 1985.
Esse caráter pioneiro vem sendo desde então a marca registrada da emissora educativa que a Fundação Brasil 2000 desenvolveu durante mais de duas décadas junto com a Universidade Anhembi Morumbi, no inovador formato "College Radio" tendo mais de 80% de sua equipe formada por alunos. Ousada, a 107,3 FM apresentou ao público paulistano pela primeira vez artistas como Cássia Eller, Chico Science, Charlie Brown Jr e Nirvana e elaborou projetos educacionais junto à ONG "Cidade Escola Aprendiz". A 107 também pode ser ouvida pela internet, no site.
  • Rock na Televisão:
Geleia do Rock (Multishow)
Um grupo de 16 jovens que gostam de música, de tocar e cantar por hobby, terá a chance de se aprimorar, aprender com grandes músicos, e ainda fazer um show no Multishow.
“Geleia do Rock” não é um concurso de bandas novas e nem tem a pretensão de lançar um grupo. O apresentador Beto Lee e o produtor artístico Jorge Davidson vão dar dicas aos participantes e convidar músicos famosos para divertidas jam sessions.
O balaco acontece no histórico estúdio Toca do Bandido, por onde já passaram os principais nomes do rock brasileiro. Lá, os participantes terão de fazer bonito em duelos musicais.
O programa vai ao ar toda terça feira as 22:30

Rock Estrada (Multishow)
O que os músicos fazem antes de tocar? Como eles se preparam? O clima no backstage é de tensão ou pura descontração? Todas essas perguntas finalmente poderão ser respondidas pelo "Rock Estrada", um programa que mostra com exclusividade como é a vida de jovens bandas por trás dos palcos.
O Programa vai ao ar toda quinta feira as 23:00

Sound (Multishow)
Série que abre espaço para bandas que estão começando a fazer algum sucesso e entrevista artistas mais conhecidos também.
Todas quarta feira as 16:30

That Metal Show (VH1)
Comandado por Eddie Trunk – famoso radialista de Nova York especializado em rock – o That Metal Show traz a cada semana os assuntos mais relevantes do mundo do hard rock e do metal. Avaliações de álbuns, entrevistas com músicos de sucesso e debates sobre o gênero entram na pauta.
Segundas e sextas, às 21h
  • Rock no Cinema:
Jailhouse Rock – Prisioneiro do Rock (1957)
Enviado para a prisão após matar um homem acidentalmente, Vince Everett (Elvis Presley), resolve cantar atrás das grades. Um golpe de sorte, coloca frente a frente, uma bela caçadora de talentos de uma gravadora, e Vince tem a oportunidade da sair da cadeia e se tornar um astro do rock.









Almost Famous – Quase Famosos (2000)
Um fã ávido de rock'n'roll consegue um trabalho na revista americana Rolling Stone, para acompanhar a banda Stillwater em sua primeira excursão pelos Estados Unidos.
Porém, quanto mais ele vai se envolvendo com a banda, mais vai perdendo a objetividade de seu trabalho e logo estará fazendo parte do cenário rock dos anos 70.








School Of Rock - Escola de Rock (2003)
Dewey Finn (Jack Black) é um músico que acaba de ser demitido de sua banda. Cheio de dívidas para pagar e sem ter o que fazer, ele aceita dar aulas como professor substituto em uma escola particular de discilipla rígida. Logo Dewey se torna um exemplo para seus alunos, sendo que alguns deles se juntam ao professor para montar uma banda local, sem o conhecimento de seus pais.









Cazuza – O Tempo não para (2004)
A vida louca que marcou o percurso profissional e pessoal de Cazuza (Daniel de Oliveira), do início da carreira, em 1981, até a morte em 1990, aos 32 anos: o sucesso com o Barão Vermelho, a carreira solo, as músicas que falavam dos anseios de uma geração, o comportamento transgressor e a coragem de continuar a carreira, criando e se apresentando, mesmo debilitado pela Aids.









Sid & Nancy: Love Kills – Sid e Nancy: O amor mata (1986)
Uma trágica história de amor e devoção total até a morte. O lendário Sid Vicious, integrante do Sex Pistols, tem sua participação menosprezada pela banda, mas teve uma vida mais agitada e fascinante do que todos os integrantes juntos. Sua vida já tumultuada e autodestrutiva, foi potencializada com a chegada de Nancy. Viciados em heroína e tendo eles juntos como uma droga do outro, Sid & Nancy são os ícones perfeitos da geração punk da década de 1970.









The Doors (1991)
Anos 60. A ascensão de Jim Morrison (Val Kilmer), vocalista da banda de rock The Doors. Em meio ao sucesso e o uso indiscriminado de drogas, Morrison se relaciona com Pamela Courson (Meg Ryan) e com a jornalista Patricia Kennealy (Kathleen Quinlan), uma mulher mais velha que adota o sadomasoquismo.









Tina - What's Love Got to Do with It (1993)
Anna Mae Bullock (Angela Bassett), o verdadeiro nome de Tina Turner, nasceu em 26 de novembro de 1938 em Nutbush, Tennessee, e desde criança mostrava inclinação para a música no coro da igreja, apesar de seu estilo não ser muito apropriado para o local. Ela também muito cedo foi abandonada pela mãe e criada pela avó até a morte dela, quando tinha 16 anos. A partir de então ela foi morar com a mãe em St. Louis e logo trabalhava como cantora de R&B em uma banda liderada por Ike Turner (Laurence Fishburne). Logo os dois estão envolvidos, têm um filho e vão se casar no México. Em 1960 ela já se chamava Tina Turner e, junto com Ike, vão para Nova York, começam a se apresentar e subir no hit parade. Mas nos anos seguintes Ike passa a agredir Tina sistematicamente. Ela tenta agüentar a situação e manter as aparências, mas após uma violenta briga decide se divorciar e abre mão de todos os bens, mas para isto exige continuar usando seu nome artístico. Ela então direciona sua carreira como cantora de rock & roll e sua ascensão é vertiginosa, mas Ike é uma ameaça que ronda sua vida.









Johnny e June – Walk The Line (2005)
A história do cantor Johnny Cash (Joaquin Phoenix), desde sua juventude em uma fazenda de algodão até o início do sucesso em Memphis, onde gravou com Elvis Presley, Jerry Lee Lewis e Carl Perkins. Sua personalidade marginal e a infância tumultuada fazem com que Johnny entre em um caminho de auto-destruição, do qual apenas June Carter (Reese Witherspoon), o grande amor de sua vida, pode salvar.









Feliz dia do Rock! Aproveitem o dia!