domingo, 1 de novembro de 2009

Meet me in montauk


Montauk é o preto no branco
É onde o areia é gelo
e o coração esquenta

Montauk é lembrança,
É o grito
É o pranto
É a dor
O êxtase
A alegria

Montauk, apesar de tudo é a lágrima que corre quieta, consentida
A delícia de sofrer e lembrar
O reencontro
A separação e a despedida

Montauk é onde eu te busco quando esqueço,
É onde eu lembro onde eu te perco, É onde eu me acho e volto a sonhar

É o meu lugar
O meu paraíso
minha fuga
O que me faz sorrir é que sempre haverá montauk
Mesmo depois do fim


 Paula Generosi Machado