domingo, 26 de outubro de 2008

Essa é pra você.

Eu como sempre sou a ultima a saber das coisas, a minha raiva se tornou tristeza e inquietação quando eu soube da noticia. Agora eu fico com remorso, e vou viver com isso o resto da vida, eu devia ter saído ontem, devia ter ido na "perverse" eu fiquei enchendo o saco a semana inteira por causa disso, mas chegou ontem acabei não indo "vai ver não era pra você estar la" - minha mãe dizendo. Se eu tivesse ido eu ia pela ultima vez ouvir você dizer "gutee" e abrir aquele braço pra me dar um abraço apertado, aqueles que só você sabia dar. Tudo bem que a gente não se falava nunca, mas também quando a gente se falava era mil coisas, eu lembro de quando eu tava sozinha no abc uma vez e eu te vi e fui dar um "alo" e você tinha perguntado se eu tava sozinha e eu tinha dito que sim então se me puxou pela mão e falou pra te ajudar a juntar uma galera pra ir pro duque, que por sinal foi la que eu conheci o léo e tudo culpa sua hein, e um dia cheguei a dizer "Léo, me lembra de agradecer o Flip por isso, ele foi o responsável". Você cantando fresno quando me viu sentada na calçada no pro hc 8 e logo veio me dar aquele abraço. Hoje eu não sei se digo obrigado ous e peço desculpas. O obrigado que eu valorizo tanto e exijo tanto das pessoas, aquela palavrinha que eu deveria dizer pra todo mundo porque a gente não sabe o dia de amanhã, e as minhas desculpas, pelo fato de não termos conversado tanto quando deveriamos, e o fato de não ter te dado "tchau". Eu sei que eu não fui a mais importante das suas amigas, mas eu gostaria de ter dito que eu tenho uma enorme adimiração por você, que eu gostava de tudo aquilo que você falava, que eu gostava quando me fazia rir. A última vez que te vi eu tava na perverse dançando funk (era pra eu rir agora, mas não to afim) e dai você passou do meu lado, sorriu e disse "quebra tudo gute!", e a ultima vez que nos falamos você disse que eu te devia 2 dias de sexo (agora era pra eu rir também) e a gente tinha concordado em abrir um puteiro, mas você não me esperou. Agora eu fico aqui 23:54 do domingo reclamando que eu sou sempre a última a saber das coisas, mas eu lembro que alguém tinha ligado no meu celular ontem e eu não atendi e ainda ligou duas vezes, e eu não retornei, agora eu fico pensando quem poderia ter sido? quem sabe se eu tivesse atendido eu poderia ter te dado "tchau"? Mais desculpas pra você Flip.
Impossível não lembrar de você agora, sempre que eu ouvir supla vou lembrar de você com aquele seu jeito punk, mas que era um doce de pessoa. A mesma coisa com o cazuza, a ultima vez que te vi on line você tava com o verso de vida louca, vida do cazuza no nick
"Tô cansado, de tanta babaquice, tanta caretice, dessa eterna falta do que falar" Aquele seu jeito louco de levar a vida me inspira, me adimira como você falava Foda-se as pessoas e a sua opinião, vou levar isso mais a sério por você, viu? Eu ainda não consegui entender o que aconteceu, seila se vou querer entender, eu espero que você esteja bem agora, você não ta mais com essas pessoas hipócritas, você não precisa mais conviver com a sujeira desse mundo, pode voar agora flip, você ta vivo a partir de agora você tem asas pra voar, então voe, voe o mais alto e o mais longe que puder.

"o que eles dizem não me interessa agora eu sei o que vou fazer sempre te ajudar quando precisar
mesmo se estiver bem longe pode sempre me chamar, pode sempre me chamar"


essa é pra você, Thiago ou como eu te chamava Flip, Flop (F)