quinta-feira, 5 de junho de 2008

Lovely complex ♥

LoveCom (ou Rabu-Con), como também é conhecido, é um mangá de autoria de Nakahara Aya, e foi publicado na revista Margaret entre Setembro de 2001 e Dezembro de 2006, quando foi finalizado, totalizando 16 volumes tankobons publicados pela editora Shueisha, sendo licenciado pela editora Viz, nos Estados Unidos. Além disso, na revista Betsuma foram publicados recentemente 3 capítulos chamados LovelyCom Plus, que dedica seus capítulos ao passado dos personagens principais e ao dia em que se conheceram.
Koizumi Risa é uma estudante do 1o colegial que tem complexos por ser alta demais para uma garota japonesa, tendo 1,70m de altura aos 15 anos de idade, e chegando a 1,74m no decorrer da trama. De outro lado, temos seu colega Otani Atsushi. Este, como é de imaginar, também tem complexos com sua altura, mas no seu caso é por ser baixo demais para um garoto de 15 anos, contando apenas 1,56m, e chegando a 1,59m com o passar do tempo.
Seus próprios nomes já servem de motivo de piada e fonte de alimentação de seus complexos, uma vez que Koizumi significa “Pequena Fonte” e Otani significa “Grande Vale“. Os próprios protagonistas chegam a dizer que seus nomes estariam mais de acordo se fossem Oizumi e Kotani (”Grande Fonte” e “Pequeno Vale”, respectivamente).

All Hanshin-Kyoujin: a dupla de comediantes, sempre brigando.Além dos complexos com as respectivas alturas, embora por motivos opostos, Otani e Koizumi possuem muitas outras coisas em comum, divertindo-se com as mesmas coisas, achando graça nas mesmas piadas, por mais idiotas que sejam, pedindo as mesmas bebidas/comidas, personalidades explosivas e extrovertidas, e até dividem uma obsessão por uma banda de rap, de gosto duvidoso, chamada Umibozu. Apesar disso, passam boa parte de seu tempo brigando feito cão e gato e trocando insultos, o que os torna o centro das atenções na escola, e motivo de risos para seus colegas não só pela diferença de altura.
Aliás, cabe comentar que são chamados na escola, inclusive por seus professores, de A.L.L. Hanshin Kyojin, uma dupla de comediantes japoneses, sendo que Hanshin significa “Halfling“, mitológico e pequenino ser, muito conhecido dos jogadores de RPG, e Kyojin significa “Gigante“. Para toda a escola, ambos são vistos como um casal que ainda não se deu conta de que, querendo ou não, já são um casal, que foram feitos um pro outro, apesar da diferença de altura.
A amizade entre Koizumi e Otani passa a se intensificar quando Otani se apaixona por Chiharu, uma das melhores amigas de Koizumi, e esta, por sua vez, se apaixona por um aluno novo, Suzuki. Ambos, então, entram em acordo para tentar ajudar-se mutuamente na conquista de seus amados. Como era de se esperar, os planos falham, Chiharu e Suzuki acabam namorando um ao outro, mas, a partir de então, o relacionamento entre os protagonistas se torna cada vez mais próximo, até que Koizumi, já no 2o colegial, descobre-se apaixonada por Otani, ponto a partir de onde a história começa a tomar novos e divertidos rumos.
Destaque, ainda, para os personagens coadjuvantes, principalmente para o casal Nakao-kun e Nobu-chan, respectivamente melhores amigos de Otani e Koizumi, bem como um dos casais de namorados mais legais já vistos num mangá.
All Hanshin-Kyoujin 2: a dupla de comediantes, sempre brigando.A história, que embora pareça boba mostra-se viciante, segue acompanhando os personagens durante todo o ensino médio. Será possível um romance entre um menino e uma menina com alturas tão diferentes? Será que Otani é capaz de ver Koizumi como uma garota?

-
(Bem sugestivo não acham?) Comecei a ver e agora não paro mais!Que emoção eu tenho um animê *-*
Olha o que que o vicio não faz com uma pessoa plena quarta feira, as 05:39 e eu aqui vendo anime, fico com medo dessas coisas sabe, não quero ser uma daquelas pessoas que apodrecem na frente do PC sabe @.@
Well, já chega to atrasada, até eu me arrumar, comer e ir pra escola é horas, por mim eu faltava mas ja devo ta estourando de faltas, e não posso nem sonhar em ficar na escola nas férias de julho então tchau.