sábado, 17 de novembro de 2007

Sem limites.


'Escolha viver, escolha um emprego, escolha uma carreira. escolha uma familia, escolha uma puta de uma televisão, escolha uma máquina de lavar. carros, discmans e abridores de latas elétricos. Escolha saúde, baixo colesterol e plano dentário. Escolha uma hipoteca a juros fixos. Escolha sua primeira casa. Escolha seus amigos, escolha roupas de esporte e malas combinando. Escolha um terno numa variedade de tecidos em uma merda de fábrica. Escolha fazer consertos em casa e pensar na vida domingo de manhã, escolha sentar-se no sofá e ficar vendo game shows chatos na TV, comendo porcarias. Escolha apodrecer no final, beber num lar que envergonha os filhos egoístas que pôs no mundo para substituí-lo. Escolha seu futuro, escolha viver. E os motivos? Quem precisa de motivos quando se tem Heroina?'